terça-feira, 25 de agosto de 2015

Esse seu jeito, sem jeito

Tem fases na vida que são tão complicadas quanto aquelas cubos mágicos, e encontrar alguém que ajude a desvendar a tal magia é bem difícil hoje em dia.
Quando você esta uma confusão, é difícil ser clareza para alguém, é difícil enxergar luz. Entre dias que acordo achando que nada vai dar certo, triste e desanimada, sua clareza, mesmo muita das vezes distante, é como um aperto de mãos. Dentre essa bagunça encontrei um espaço pra você. Ainda bem que encontrei um espaço. Ainda bem que encontrei você.

Esse seu jeito, sem jeito é o jeito de demostrar que está aqui, comigo. Isso me deixa com uma vontade de te dar o mundo, abordo de um avião de apelidado "round" com nosso cachorro gordo. Reportaria as notícias dos lugares a onde pararmos e enviaria para jornais, e viveríamos disso. Será que seríamos felizes assim Godo? Tenho certeza que sim. Tenho certeza que seriamos felizes em qualquer lugar. Assim como já somos, até quando ficamos cansados de Frank Underwood fodendo geral em House of Cards. Esse seu jeito sem jeito me fez descobrir que a bolsa de valores tem uma nova categoria: Felicidade. e amor, sou rica lá, te juro, nunca faltará isso a nós.
Vou te contar um segredo, eu sempre peço para que deite do lado direito da cama porque é para onde eu viro quando adormeço, e com os olhos fechados e o seu cheiro, quase te sinto. Quase te tenho por perto. Seu jeito sem jeito me deixa sem jeito.

Dentre desavenças e descobertas aprendi a identificar o amor que transmiti em coisas nem tão óbvias, mas que por sorte, noto suas singelas demostrações de amor. Quero aprender a ser sem jeito, assim, talvez, compreenda seu jeito.  Como quando fica palpitando o cinto até ver se eu o travei direito, deixa comigo várias blusas para garantir que eu fique quietinha, repete incansavelmente que preciso almoçar, porque senão tenho dor de cabeça, me deixa ganhar em jogos que obviamente não sei o que estou fazendo. Mas você repete, muito bem amor, jogou bem!

Esse seu jeito sem jeito é um feito, que não tem jeito, não me contento.